Avançar para o conteúdo principal

Algarve


As praias mais lindas de Portugal

O maior destino de férias dos portugueses no Verão é o Algarve! Saindo de Lisboa, pela autoestrada, lá chegamos em pouco mais de duas horas. Os ingleses são turistas assíduos por lá durante todo o ano.

Eu não sou daquelas que fazem férias de praia... não consigo perceber férias de oito dias ou de quinze dias na praia, torrando/tostando feito um bife na grelha. Também não sou adepta de praias super populares, lotadas de turistas... gosto de paisagens naturais preservadas, daquelas que colocamos o tripé e fazemos muitas fotos!

Pois, muito bem, esse post tem o intuito de apresentar boas alternativas no Algarve, e isso ultrapassa a Praia da Rocha, em Portimão ou a rua dos bares iluminados em Albufeira.

A região é rica porque preserva vestígios da ocupação árabe, mas também da romana, tornando assim a nossa visita muito gratificante em relação à arquitetura. As chaminés trabalhadas e os azulejos são marcas da ocupação árabe, tal como o nome de todas as regiões algarvias começadas com "Al" (Albufeira, Aljezur, Alvor...).

Em relação à presença romana, penso que as Ruínas Romanas da Vila da Luz sejam um bom exemplo. Foram descobertas no século XIX e estão próximas da Praia da Luz, em Lagos. Aliás, falando em Lagos, eu já escrevi sobre "a praia mais bonita do mundo" que segundo o Huffington Post fica por lá, na zona da Ponta da Piedade (não deixem de visitar).

Da última vez que lá estive, conheci lugares totalmente novos e vou dar agora todas as dicas.
Antes de começar, gostaria só de lembrar outros passeios imperdíveis que já fiz e que aconselho vivamente: Faro (cidade histórica, passeio de barco até à Ilha Deserta da Praia das Conchas); Tavira e a Ria Formosa; e Vila Real de Santo António (passeio perto da Marina).

Para começar sempre que vamos ao Algarve chegámos mais ou menos a hora do almoço, então lá vamos nós comer o famoso franguinho da Guia. Eu adoro e estou com saudades, apesar de parecer um pouco cliché.

Outra coisa que pode parecer cliché é visitar o Zoomarine! Desculpem, mas eu adoro o parque e o show dos golfinhos. Havia ido ao parque há mais de dez anos, mas tudo teve mais graça com o meu filho. O Filipe amou! 
Tudo está bem organizado, há muito entretenimento e não está restrito apenas à diversão aquática. 
Comprámos os bilhetes pela internet, vale a pena, pois evitámos as filas da entrada.


Entrada do Parque


Aquários

Comboio

O parque dos dinossauros que está muito bem feito, foi a parte que o meu filho mais gostou.


Show dos golfinhos



Carrossel 

Praia

Mais aquários 

Meu filho saindo contente com o tubarão que havia comprado numa das lojas do parque

Show dos piratas
O Zoomarine estava a preparar ainda uma nova atração, não sei do que se tratava, mas deve ser motivo para uma nova visita :)
O parque fica perto de Albufeira, na Guia (do franguinho, lembram?)

Visitámos o parque para comemorar o aniversário do Filipe, mas nos outros dias experimentámos coisas diferentes, como Silves, por exemplo. Uma vila histórica muito simpática e parecida com Óbidos. Infelizmente, o calor era tão forte que dificultou o nosso passeio. Se lá estiverem no Verão, aconselho que façam a visita logo pela manhã.


Castelo de Silves


Entrada do Castelo





Influência árabe como podem notar, tal como na Andaluzia





Igreja

Ruas do Centro Histórico


Não sei se já ouviram falar do FIESA, mas eu adoro visitar esse Festival de Esculturas de areia. Já lá estive em três edições e sempre valeu a pena. A exposição é alargada, começando muitas vezes em Abril e só chegando ao fim em Outubro.
O Festival acontece em Pêra todos os anos e na nossa última visita o tema foi a música.








Há praias de tirar o fôlego no Algarve, como se sabe. Uma delas é a Praia da Marinha, uma novidade para mim. Perfeita, limpa, lindíssima, fica no concelho de Lagoa.






O caminho para chegar à praia

Quando voltámos custou um pouco subir as escadas. Levem água!




Outro passeio que me fascinava há tempos era conhecer o Algar de Benagil. Nunca o fizera porque implicava uma viagem num barquinho... eu sou um pouco medrosa, mas dessa vez enfrentei o medo.
Devo dizer que na volta dá um frio na barriga, porque aquilo ganha uma velocidade incrível! Contudo... entretanto e todavia valeu a pena! Temos a possibilidade de conhecer várias grutas, o que é fantástico! Formações rochosas espetaculares mesmo! 
Apanhámos o barco na praia de Benagil, onde tínhamos almoçado. O passeio dura mais ou menos uma hora.

Almoço em Benagil


Praia de Benagil


Passeio de Barco


Um formato de coração


Algar de Benagil


As águas são lindas



Também conhecemos o Castelo de Ferragudo, que fica mesmo junto à praia. O Castelo é a atração da praia, que é normal como qualquer outra da região.

Castelo de Ferragudo


Formações rochosas na praia

Praia ao pé do Castelo

Como eu já disse, Albufeira é muito turística, porém gosto da Marina de lá, podemos tomar um mega gelado da Nosolo na paz que não é permitida na cidade lotada de visitantes.

Nosolo Italia
Marina de Albufeira



Espero que tenham gostado das dicas, termino com fotografias fantásticas feitas em Portimão.




Comentários

Mensagens populares deste blogue

Bérgamo e Leolandia

Existem muitos parques na Europa para levarmos os nossos filhos e eu adoro descobri-los. Na região do Lago Garda, no norte da Itália, a oferta é vasta! Depois de analisarmos todos eles, escolhemos a Leolandia!

Essa viagem aconteceu no Verão do ano passado e acho que essas férias foram as melhores de sempre! Daria para escrever muitos posts para vocês, pois cada dia era um mundo novo. Vou tentar fazer isso aos poucos...

Por hora, falemos de Bérgamo e da Leolandia!

Fizemos o voo Lisboa - Bérgamo (ryanair), mas poderíamos ter escolhido Lisboa - Milão, o passeio também correria bem assim, entretanto já conhecíamos Milão e os lagos, por isso optámos por Bérgamo.

A Itália é sempre a Itália, por isso... há sempre uma cidade bonita para ver, boa pizza para comer e bons gelados para engordar.

Em Bérgamo, ficámos num hotel simples que tinha um restaurante maravilhoso. Que saudades daqueles dois jantares!

No primeiro dia andámos de autocarro...



Almoçámos na cidade baixa, seguimos para a fantástica cida…

Menorca

Férias em Família

Nos próximos dias o meu filho fará dois anos, para aproveitarmos os privilégios de viajar com uma criança com menos de dois anos, antecipámos as férias de verão.
Depois de longa indecisão, optámos por Menorca, a vizinha de Maiorca (que visitámos no ano passado). O pacote mais uma vez incluía voo, hotel e transporte até ao alojamento escolhido. Muitas pessoas na internet aconselhavam a fugir dos pacotes, mas considerámos que fazer um voo direto com uma criança é sempre melhor e apenas os pacotes proporcionam voos diretos até Menorca. Também confesso não ter visto qualquer vantagem financeira na compra fora dos pacotes.

O voo é operado pela Iberia - Air Nostrum e dura apenas uma hora e quarenta minutos. O avião era tão pequenino que até fazia impressão! O carrinho foi connosco até a entrada e foi devolvido assim que saímos do avião, nem se quer foi para a recolha de bagagens. Então viajar com pacotes não é bom?

Chegámos a Maó, mas ficaríamos hospedados na outra ponta da Il…

Vila Nova de Milfontes

Vila Nova de Milfontes
Este paraíso alentejano localiza-se na confluência do Rio Mira com o Oceano Atlântico, trazendo, assim, uma paisagem única aos seus visitantes.
Costumamos visitar Vila Nova todos os anos e é impossível não achar tudo tão bonito outra vez. A Praia das Furnas já faz parte das maravilhas de Portugal e com certeza faz honrar este título com a sua beleza.


Mas, não só da Praia das Furnas é feita Vila Nova. A pequena cidade é viva e movimentada nos meses de Verão, as suas lojinhas com artigos de praia chamam sempre atenção. A gelateria Mabi é um ponto de encontro, lá podemos provar vários gelados ou comer um delicioso croissant. É bom, contudo, evitarmos o mês de Agosto, pois Vila Nova fica abarrotada de turistas e perde um pouco o seu encanto natural.

Certa vez, ouvimos de dizer que havia uma cachoeira ou queda d'água em Vila Nova. Procuramos, mas não encontramos nada. Passado um ano, decidimos aventurarmos de novo. Perguntamos ali e acolá, até que fomos bater à porta …