Avançar para o conteúdo principal

Veneza




Veneza

Passamos duas noites em Veneza, três em Florença e três em Roma. Compramos o voo pela TAP: Lisboa - Veneza/Roma - Lisboa. As ligações entre Veneza e Florença/Florença e Roma fizemos de comboio. Faz-se muito bem, pois a Itália tem uma excelente linha férrea. 
A nossa viagem foi em 2008, acredito que atualmente seja possível reservar do mesmo jeito pela EasyJet e que saia mais barato se o fizermos com antecedência.

Quando chegamos ao aeroporto de Veneza, apanhamos um autocarro logo a entrada que nos levou até o centro da cidade.
Não foi difícil encontrar o hotel, que ficava muito bem localizado - Hotel Príncipe - e perto dos canais. 
Fomos logo almoçar e descobrimos como as coisas são caras por lá. Um copo de coca-cola custava quatro euros nos restaurantes! Depois fomos andar pelas ruelas, nos perdemos por elas, vimos as lojas tradicionais, as máscaras de Veneza, chegamos até a Ponte de Rialto. É lindíssima e muito disputada para fotos! 





Depois de muitas voltas, encontramos por acaso a Piazza San Marco, uma praça ampla e bonita - o grande salão de Veneza.
São tantos pombos! São tantas línguas e tantos sotaques! Na praça de São Marco encontramos pessoas de vários países. Quem nos fotografou nesta imagem ao lado foi um brasileiro muito simpático.
Aqui é o coração da cidade e foi cenário para personagens muito importantes da Literatura mundial: Hemingway já desfrutou desta paisagem, por exemplo!



Viajamos no final de Julho, estava muito quente até mesmo a noite, o que propiciava passeios, já que o tempo não estava ventoso. Jantamos a primeira noite num pequeno restaurante típico, parecia até que estávamos num filme. 
No segundo dia, decidimos fazer um passeio e apanhamos um barco para Lido.
Foi um passeio bonito, que recomendo, apesar de termos andado perdidos a procura do local onde decorre o Festival de Veneza do cinema :D e não termos encontrado. Na verdade, nem sei se é mesmo em Lido.


Durante a noite, saímos mais uma vez e visitamos o Casino. As ruelas estão sempre repletas de pessoas, casais em lua de mel (como nós na altura), grupo de amigos e muitas famílias com bebés que não se importam de andar com carrinhos pelas ruas apertadas. Divertem-se como toda a gente, é o máximo! É perfeitamente possível ir para Veneza com um bebé, cansei de ver casais assim.




Reservamos o passeio de gôndula para o último dia. Apesar de ser um pouco caro, para nós ficou mais barato! Um casal colombiano estava a ouvir-nos enquanto negociávamos o preço e perguntou ao senhor se não podíamos dividir. Assim nós fizemos! Foi ótimo! Quem vai a Veneza, tem de fazer um passeio de gôndula, é inesquecível! 













Este foi o nosso último dia em Veneza.
Depois apanhamos o comboio e seguimos para a bela Florença.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Bérgamo e Leolandia

Existem muitos parques na Europa para levarmos os nossos filhos e eu adoro descobri-los. Na região do Lago Garda, no norte da Itália, a oferta é vasta! Depois de analisarmos todos eles, escolhemos a Leolandia!

Essa viagem aconteceu no Verão do ano passado e acho que essas férias foram as melhores de sempre! Daria para escrever muitos posts para vocês, pois cada dia era um mundo novo. Vou tentar fazer isso aos poucos...

Por hora, falemos de Bérgamo e da Leolandia!

Fizemos o voo Lisboa - Bérgamo (ryanair), mas poderíamos ter escolhido Lisboa - Milão, o passeio também correria bem assim, entretanto já conhecíamos Milão e os lagos, por isso optámos por Bérgamo.

A Itália é sempre a Itália, por isso... há sempre uma cidade bonita para ver, boa pizza para comer e bons gelados para engordar.

Em Bérgamo, ficámos num hotel simples que tinha um restaurante maravilhoso. Que saudades daqueles dois jantares!

No primeiro dia andámos de autocarro...



Almoçámos na cidade baixa, seguimos para a fantástica cida…

Algarve

As praias mais lindas de Portugal

O maior destino de férias dos portugueses no Verão é o Algarve! Saindo de Lisboa, pela autoestrada, lá chegamos em pouco mais de duas horas. Os ingleses são turistas assíduos por lá durante todo o ano.

Eu não sou daquelas que fazem férias de praia... não consigo perceber férias de oito dias ou de quinze dias na praia, torrando/tostando feito um bife na grelha. Também não sou adepta de praias super populares, lotadas de turistas... gosto de paisagens naturais preservadas, daquelas que colocamos o tripé e fazemos muitas fotos!

Pois, muito bem, esse post tem o intuito de apresentar boas alternativas no Algarve, e isso ultrapassa a Praia da Rocha, em Portimão ou a rua dos bares iluminados em Albufeira.

A região é rica porque preserva vestígios da ocupação árabe, mas também da romana, tornando assim a nossa visita muito gratificante em relação à arquitetura. As chaminés trabalhadas e os azulejos são marcas da ocupação árabe, tal como o nome de todas as regiões…

Menorca

Férias em Família

Nos próximos dias o meu filho fará dois anos, para aproveitarmos os privilégios de viajar com uma criança com menos de dois anos, antecipámos as férias de verão.
Depois de longa indecisão, optámos por Menorca, a vizinha de Maiorca (que visitámos no ano passado). O pacote mais uma vez incluía voo, hotel e transporte até ao alojamento escolhido. Muitas pessoas na internet aconselhavam a fugir dos pacotes, mas considerámos que fazer um voo direto com uma criança é sempre melhor e apenas os pacotes proporcionam voos diretos até Menorca. Também confesso não ter visto qualquer vantagem financeira na compra fora dos pacotes.

O voo é operado pela Iberia - Air Nostrum e dura apenas uma hora e quarenta minutos. O avião era tão pequenino que até fazia impressão! O carrinho foi connosco até a entrada e foi devolvido assim que saímos do avião, nem se quer foi para a recolha de bagagens. Então viajar com pacotes não é bom?

Chegámos a Maó, mas ficaríamos hospedados na outra ponta da Il…